RONDÔNIA: Atualização cadastral do Governo amplia o caos nas agências do Banco do Brasil

17/07/2015 08:51

Na agência da avenida Presidente Dutra está concentrado o maior número de servidores estaduais a ser recadastrado.

Iniciada no dia 4 de maio e com previsão de encerramento em outubro, a atualização cadastral de todos os servidores públicos do Governo de Rondônia (ativos, aposentados, pensionistas, concursados e comissionados), que corresponde a mais de 60 mil pessoas, está sendo feita nas agências do Banco do Brasil e, com isso, o atendimento ao público, que já era precário, está ainda mais comprometido, obrigando os tradicionais clientes e usuários a permanecerem de duas até quatro horas para ser atendidos.

É o que se confirmou em visita dos dirigentes do Sindicato dos Bancários e Trabalhadores do Ramo Financeiro de Rondônia (SEEB-RO) a algumas agências do BB em Porto Velho.

Na agência da avenida Presidente Dutra está concentrado o maior número de servidores estaduais a ser recadastrado. São mais de 11 mil contas destes ‘clientes’ públicos e, com isso, os bancários são obrigados a levar de 30 a 40 minutos para fazer cada um dos cadastros, recolhendo e analisando documentação como RG, CPF, comprovante de residência, contra-cheque, Carteira de Trabalho, Carteira de Habilitação, certidões de nascimento e casamento, dentre muitos outros, de cada servidor, e isso dia após dia.

“Os clientes, que eventualmente já reclamavam da rotina antes deste recadastramento, agora estão mais impacientes e disparam contra o banco e contra nós, funcionários. E o quadro de funcionários, que já não era ideal, está geralmente afetado por conta de férias ou afastamento para tratamento médico de alguns colegas”, mencionou uma funcionária do banco.

Felipe Lourenço, servidor da Secretaria Estadual de Administração e Recursos Humanos (SEARH), explicou que o recadastramento anterior fora feito por uma empresa terceirizada, mas que este cadastro já estava obsoleto e então o Governo optou por ‘contratar’ o BB para executar este amplo serviço.

REUNIÃO

O Sindicato, preocupado com o aumento na demanda e possível aumento da pressão e risco de adoecimento dos funcionários, se reuniu, no último dia 8, com o Superintendente Regional do BB em Rondônia, Pio Gomes de Oliveira Júnior, e cobrou uma solução para a problemática do atendimento comprometido com o recadastramento e que afeta diretamente os funcionários.

Na reunião o executivo falou sobre a convocação de mais nove funcionários novos, isso além do número de reposição que será feita por conta dos bancários que aderirem ao Programa de Aposentadoria Incentivada (PAI).

No dia 3 de julho houve reunião da SuperBB com a Superintendente da Secretaria Estadual de Administração e Recursos Humanos, Helena da Costa Bezerra, quando o banco solicitou que o Governo apresentasse um cronograma que atendesse a capacidade de atendimento em cada agência. Ficou decidido que até esta sexta-feira (17/7), a SEARH vai apresentar este cronograma ao banco.

Na reunião do dia 8, o Superintende se comprometeu a passar este cronograma para o Sindicato.

“Apesar desta suposta readequação do cronograma em proporção à capacidade de atendimento de cada agência, do anúncio de contratação de mais nove funcionários, e da garantia da reposição às vagas deixadas de quem aderiu ao PAI, nenhuma dessas medidas irá solucionar o problema. Nove funcionários novos não vai resolver em nada a alta carência de funcionários no Banco do Brasil em Rondônia, haja vista que há déficit de até seis funcionários em uma única agência. E com esse recadastramento dos servidores públicos estaduais, os funcionários que já sofriam com a pressão diária dos clientes e usuários, vão sofrer ainda mais com esse acúmulo de serviço, com a extrapolação da jornada de trabalho e com a cobrança e até ofensas por parte das pessoas insatisfeitas com o atendimento precário, o que, fatalmente, vai gerar mais adoecimento destes bancários”, mencionou José Pinheiro, presidente do Sindicato.

FONTE: TUDO RONDÔNIA

 

Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Centenas de templates
  • Todo em português

Este site foi criado com Webnode. Crie um grátis para você também!