MANCHETE: MP investiga apresentador de televisão e chefe de Comunicação de Nazif

17/07/2015 11:02

Emerson Lopes, coordenador municipal de Comunicação Social, é publicamente conhecido por apresentar um programa popular numa grande emissora de Rondônia. O horário da apresentação, no entanto, pode ser incompatível com a função que exerce na prefeitura.



 Mais uma investigação recai atualmente sobre a Prefeitura de Porto Velho, gerenciada por Dr. Mauro Nazif (PSB). O Ministério Público de Rondônia instaurou, através do promotor de Justiça Rogério José Nantes, procedimento investigatório a fim de apurar suposto descumprimento de carga horária praticado pelo servidor Emerson Lopes.

Lopes, que é coordenador municipal de Comunicação Social, ou seja, chefe do setor, também é apresentador de televisão numa grande emissora de Rondônia. Acontece que, aparentemente, o horário em que o programa vai ao ar seria incompatível com o tempo de serviço que deveria ser exercido na prefeitura.

O primeiro a aventar a possível irregularidade foi o vereador Everaldo Fogaça, do PTB, ao relatar há dias atrás que seria impossível o “Homem do Merchandising”, como é conhecido, fazer as duas coisas ao mesmo tempo sem comprometer o dinheiro público. O petebista denunciou o caso ao MP no mês passado.

E é justamente esta a ênfase que dá o promotor Nantes ao dizer, no fim do extrato publicado hoje no Diário Oficial da Justiça Eletrônico que a prática pode configurar possível ato de improbidade administrativa, que redunda em prejuízo ao Erário e ofensa aos princípios constitucionais da Administração Pública.

À época, Fogaça escreveu em seu perfil particular no Facebok:

“Como pode o cara trabalhar até as 14h horas na prefeitura e às 11h30 já estar ao vivo na televisão?”, questionou.

Confira abaixo o extrato na íntegra

Autor:  Rondoniadinamica

Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Design profissional
  • Criação super fácil

Este site foi criado com Webnode. Crie o seu de graça agora!